quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

"O humor no movimento Integralista"

O humor fez parte do movimento Integralista. A frase inicialmente pode causar estranheza, entretanto, um dos principais humoristas dos anos de 1930 fazia parte da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) Dr. Madeira de Freitas. Essa característica pode ser observada no apelido "Galinha Verde", imposto pelos opositores do Sigma e incorporado pelo Integralismo.

Segundo e aceito pelos principais historiadores que se debruçam sobre a temática o apelido surgiu no Estado de São Paulo durante a fatídica manifestação realizada na Praça da Sé, também conhecida como "Batalha da Praça da Sé", que culminou na morte de dois camisas-verdes, são eles: Jaime Barbosa Guimarães e Caetano Spinelli, fato esse amplamente divulgado no período pelos jornais.

Curiosamente o nome "Galinha Verde" será adotado pelo movimento Integralista como uma forma irreverente, aceitando e utilizando o apelido em diversos materiais de divulgação. Esses artigos serão reproduzidos ao longo do tempo, alcançando, por exemplo, as comemorações do Jubileu de Prata Integralista, ocorrido na década de 1950. 

Os pratos abaixo que ilustram a postagem segundo o pesquisador Breno Zarranz "(...) pertenceram a um Integralista do Município de Niterói, exatamente no Bairro do Atalaia, cuja a esposa foi Chefe Blusa Verde do núcleo local. Os referidos pratos foram pintados na década de 1950, durante o Jubileu Integralista. Atualmente os pratos se encontram no acervo da família"


 Acima imagem de prato pintado por um camisa-verde na década de 1950 retratando uma galinha verde, apelido utilizado pelos opositores e integralistas (Fonte: Breno Zarranz).

Imagem de prato pintado por um camisa-verde na década de 1950 retratando duas galinhas verdes, apelido utilizado pelos opositores e integralistas (Fonte:  Breno Zarranz).

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

"Parte 2: Na chama das perseguições forja-se o aço verde do Sigma"

Voltando do período de ferias, recebi nos últimos dias do pesquisador e professor Sr. Edgar Serrato, que constantemente colabora enviando imagens diversas sobre a história do Integralismo brasileiro para o blog Populista, um icônico broche produzido pela Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937).

Trata-se de um pim comemorativo do aniversário da Província do Paraná - PR em excelente estado de conservação. Esse objeto já foi tema de postagem em 02 de junho de 2014, quando um dos leitores do blog esteve no Museu Paranaense, localizado em Curitiba - PR, e observou a presença de peça no acervo do aparelho cultural.



Acima imagem da frente do pim comemorativo da Província do Paraná produzido pela Acção Integralista Brasileira (Fonte: Acervo Edgar Serrato).


Imagem do versu do pim comemorativo da Província do Paraná produzido pela Acção Integralista Brasileira (Fonte: Acervo Edgar Serrato).

Para maiores informações, acesse: http://historia-do-prp.blogspot.com.br/2014/06/na-chama-das-perseguicoes-forja-se-o.html

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

"Prece de Natal do homem do século XX"

Em nome do blog Populista gostaria de agradece a todos os colaboradores que ao longo do ano compartilharam e ajudaram no crescimento deste canal de divulgação da história nacional, em especial aos que enviaram material enriquecendo o conteúdo postado. Desejo um Feliz Natal de muita paz, saúde e alegria, que da esperança continue iluminando o caminho de todos. 

Nesse momento, gostaria de divulgar o texto intitulado "Prece de Natal do homem do século XX", publicado no Diários Associados, em 21 de dezembro de 1969, de autoria do então Deputado Federal Plínio Salgado, que termina o artigo "(...) E o Homem do século XX ajoelha-se diante do presépio e a sua alma, unindo-se às dos ingênuos pastores, escuta embevecido o cântico dos anjos a anunciar a verdadeira Paz e a verdadeira Vida". 


Acima "Prece de Natal do homem do século XX", publicado no Diários Associados, em 21 de dezembro de 1969, de autoria do então Deputado Federal Plínio Salgado.

"Vovô Índio e o espírito do natal"

O escritor e poeta Carlos Maul foi um dos inúmeros intelectuais dos anos 1930 que divulgou a figura do Vovô Índio como símbolo do natal brasileiro. Infelizmente, atualmente poucos artigos de sua autoria podem ser encontrados sobre o personagem icônico do natal, entretanto os disponibilizados nos arquivos públicos pelo país nos mostram a dimensão da qualidade literária do autor, enriquecendo ainda mais o universo que envolve esse importante personagem da cultura nacional. 

O jornal O Estado, publicado em Florianópolis - SC, em 29 de janeiro de 1935,  página 02, é uma verdadeira "denúncia" contra o espírito consumista e das desigualdades sociais que afloram nesta data, devido ao desejo desenfreado do comercio em lucrar. Segundo o autor "Si eu tivesse força, praticaria um acto benemerito e de grande generosidade, eliminando do calendario a commemoração do nascimento de Jesus Christo. Essa festa é pretexto para a mais dura das injustiças: a de lebrar ás crianças, na phase melhor da vida, as diferenças sociais oriundas do dinheiro, despertando nas que são pobres o sentimento de inveja de revolta contra as que são ricas, ambas innocentes, victimas da perfidia humada". 


Acima imagem do  jornal O Estado, publicado em Florianópolis - SC, em 29 de janeiro de 1935,  página 02 Fonte: Biblioteca Pública de Santa Catarina).

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Editora GRD recebe moção de aplausos na Câmara de Vereadores em Niterói - RJ

Na última quinta-feira (14), a celebrada Editora GRD, de propriedade do veterano da Confederação de Centros Culturais da Juventude Sr. Gumercindo Rocha Dorea, recebeu uma moção de aplausos, pelo trabalho realizado na divulgação e valorização de novos autores e popularização da ficção científica como gênero literário no país. 

A justa homenagem na Câmara de Vereadores de Niterói, de autoria do Vereador Carlos Roberto Coelho de Mattos Júnior (PSC-RJ), município no qual durante anos o Sr. Gumercindo Rocha Dorea residiu, soma-se a recentes publicações e entrevistas em jornais e revistas sobre a editora, que se destacou em todo o país pela qualidade literária.


Acima imagem da moção de aplausos n° 00757/2017 de autoria do Vereador Carlos Jordy (PSC-RJ) (Fonte: CEAAM).


Acima imagem da movimentação da moção de aplausos n° 00757/2017 de autoria do Vereador Carlos Jordy (PSC-RJ) na Câmara de Vereadores de Niterói (Fonte: CEAAM).

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

"Lançamento do livro Plínio Salgado - Um católico Integralista entre Portugal e o Brasil (1985-1975)"


Acima imagem do livro "Plínio Salgado - Um católico Integralista entre Portugal e o Brasil (1985-1975)", ano 2017, publicado pela ICS (Fonte: Facebook). 

Hoje, dia 14 de dezembro de 2017, recebi em minha residência o livro "Plínio Salgado - Um católico Integralista entre Portugal e o Brasil (1985-1975)", escrito pelo  Prof. Leandro Pereira Gonçalves, publicada pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa - ICM, fruto de anos de pesquisa sobre a passagem do líder Integralista em Portugal (1939-1946), durante o exílio.

Segundo a apresentação da publicação: "Este livro representa um excelente estudo sobre o pensamento da ação política de Plínio Salgado, o fundador e dirigente da Ação Integralista Brasileira, que encapsulou de forma notável as metamorfoses de um intelectual político do Século XX". (...) Leandro Pereira Gonçalves desenvolveu uma análise cruzada e rigorosa da evolução política e cultural do líder integralista, com particular destaque para o exílio em Lisboa, entre 1939 e 1946, quando conviveu com a política e intelectualidade portuguesa e estabeleceu um discurso cristão, próximo do Estado Novo de António Oliveira Salazar, que levou para o Brasil e o caracterizou até ao fim de sua vida.  

Para maiores informações sobre o livro, acesse: 
https://www.imprensa.ics.ulisboa.pt/index.php?main_page=product_book_info&cPath=4&products_id=386