sexta-feira, 17 de novembro de 2017

"Centro Ingregrado de Cultura exibirá o documentário Anauê! O Integralismo e o Nazismo na Região de Blumenau"

Nos dias 17, 18 e 19 de novembro de 2017, às 20 horas, estará sendo exibido o documentário "Anauê! O Integralismo e o Nazismo na Região de Blumenau", no Centro Integrado de Cultura, localizado na Avenida Governador Irineu Bornhausen, n° 5600, Agronômica, Florianópolis - SC.

O local aonde ocorrerá a exibição e nacionalmente conhecido por abrigar diversas manifestações culturais regionais, abrigando salões de exposição, bibliotecas, cinema e o teatro Ademir Rosa. Aproveito a oportunidade para lembrar aos interessados em assistir o documentário que a entrada é gratuita.


Acima imagem de divulgação do documentário "Anauê! O Integralismo e o Nazismo na Região de Blumenau" (Fonte: Facebook).

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

"Seminário Internacional 80 anos do Estado Novo"

Nos dias 8 à 10 de novembro de 2017 será realizado na Fundação Getúlio Vargas - FGV, localizada na Praia de Botafogo, n° 190, auditório 1333, Botafogo, Rio de Janeiro - RJ, o "Seminário Internacional 80 anos do Estado Novo", com início as 8:30 às 21:00 horas, entrada gratuita. 

Segundo a organização: "O objetivo do seminário é marcar a passagem dos 80 anos do início do Estado Novo brasileiro, ocorrido a 10 de novembro de 1937, debatendo temas relacionados ao autoritarismo e à democracia, assim como os possíveis legados das experiências autoritárias dos anos 1930-1940. O debate não se limitará ao caso brasileiro, pós estará igualmente preocupado com outras experiências na América Latina e na Europa". 

Para maiores informações, acesse: http://cpdoc.fgv.br/noticias/eventos/seminario-80anos-estadonovo

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Diário Online Causa Operária mobiliza manifestantes contra exibição de filme sobre Integralismo

O Diário Online Causa Operária, no dia 05 de novembro de 2017, publicou em seu site matéria sobre o filme "Anauê! - O Integralismo e o Nazismo na Região de Blumenau", que será exibido na Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, às 19:00 horas, conclamando a sociedade civil para um protesto contra o que chamou de "ofensiva dos setores de extrema-direita no país"

Imagem divulgada no site Diário Online Causa Operária, publicado em 05 de novembro de 2017 (Fonte: Causa Operária). 

Para saber um pouco mais sobre o tema, acesse: http://causaoperaria.org.br/blog/2017/11/05/filme-sobre-o-integralismo-sera-exibido-na-ufsc-e-necessario-se-organizar-para-combater-direita/

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

"Exibição do filme Anauê! o Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau"

No dia 26 de outubro de 2017, às 19:00 horas, será exibido o filme "Anauê! o Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau", com direção e roteiro de Zeca Pires. Segundo o sinopse: "Com depoimentos de acadêmicos e descendentes de alemães da região de Blumenau; o documentário revisita o que aconteceu no período da Segunda Guerra mundial àquela sociedade, o envolvimento ideológico com o nazismo e o integralismo; as informações que tinham sobre o holocausto; como foi tratada esta sociedade pela nacionalização e a relação que havia entre alemães e brasileiros natos". 

Infelizmente, o festival de cinema do Rio de Janeiro, na edição de 2017, não trouxe o documentário ao público, entretanto a exibição no auditório "Elke Hering", localizado na Biblioteca Central da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC é uma ótima oportunidade aos curiosos conhecerem um pouco mais sobre o tema, além de debaterem com especialistas sobre a temática. Lembro aos interessados que o evento é gratuito. 

Acima imagem de divulgação do do filme "Anauê! o Integralismo e o Nazismo na região de Blumenau", com direção e roteiro de Zeca Pires (Fonte: Facebook).

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

"Uniforme Integralista e a resistência cultural contra movimentos estrangeiros"

Os Protocolos e Rituais da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) é o principal documento para compreender as peculiaridades do movimento político, que esteve presente em todo o território nacional. Responsável em criar uma unidade ao movimento, é possível observar que alguns núcleos incorporaram vestimentas tradicionais aos seus uniformes, como, por exemplo, os militantes gaúchos. 

Os uniformes dos Integralistas estavam devidamente indicados na página 11 dos Protocolos e Rituais da Acção Integralista Brasileira. Ao analisar o documento não é encontrado nenhuma referência para itens típicos do traje gaúcho, como, por exemplo, chapéu, lenço, bombacha ou bota. Ao contrario do que se poderia imaginar num primeiro momento, a incorporação de itens tradicionais ao uniforme Integralista não foi criticado pela revista Anauê!, mais incentivado como um fator de resistência cultural a movimentos alienígenas, como fascismo e nazismo.


Acima imagem de Integralistas presentes em Santa Rosa, Rio Grande do Sul, publicado na revista Anauê!, n°16, p.64, junho de 1937. 


Imagem da página 11 dos Protocolos e Rituais da Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937), publicado em 1937. 

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

"A presença de clérigos na Acção Integralista Brasileira"

A presença de religiosos nas fileiras do Sigma é um tema embrionário, infelizmente pouco se sabe sobre a participação de clérigos no Integralismo, também chamados de "batinas-verdes". Em uma análise inicial é possível encontrar na Câmara dos Quatrocentos, um dos principais órgãos do movimento, a presença de três religiosos, são eles: Leopoldo Aires, Ponciano Stenzel dos Santos e Tomás de Aquino. 

Livros, artigos ou comícios, por exemplo, são outras formas de observar a presença marcante de religiosos no Integralismo. Ao pesquisar os jornais publicados pelos camisas-verdes é possível encontrar alguns artigos justificando a adesão de alguns personagens no movimento, como do Padre Leopoldo Aires. No jornal A Razão, publicado em 23 de fevereiro de 1937, n° 227,  esta presente um pequeno artigo informando a adesão do clérigo, figura de destaque no Estado de São Paulo. 

Curiosamente o artigo publicado no jornal A Razão terá uma versão estendida, publicado em forma de opúsculo com o título "Por que me fiz Integralista - Uma explicação A Provincia de São Paulo e um appello a mocidade paulista", editado no Estado do Rio de Janeiro, em 1937. A rara publicação aborda não apenas os aspectos do seu ingresso no Sigma, mais um apanhado de toda sua trajetória política que culminou com a filiação na Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937). 


Acima imagem do artigo publicado no jornal A Razão,em 23 de fevereiro de 1937, n° 227, página 01, com o título "O Pe. Leopoldo Aires no Integralismo" (Fonte: Biblioteca Nacional). 


Na imagem opúsculo "Por que me fiz Integralista - Uma explicação A Provinca de São Paulo e um appello a mocidade paulista", editado no Estado do Rio de Janeiro, em 1937 (Fonte: APERJ).