quinta-feira, 21 de setembro de 2017

"Perseguição aos Integralista Baianos"

Os camisas-verdes em diferentes regiões do país sofreram intensa perseguição através da força policial, em alguns Estados o combate a Acção Integralista Brasileira - AIB (1932-1937) se transformou em verdadeiras atrocidades, patrocinadas pelas autoridades públicas, como no caso do Estado da Bahia, amplamente publicado no jornal A Offensiva

Na edição n° 260, circulada no dia 16 de agosto de 1936, o periódico aborda com destaque o tema através da manchete "Perseguições aos Integralista Bahianos - Os integralistas de São Felippe narram-nos em carta as perseguições que vêm soffrendo desde dezembro de 1935 por parte das autoridades locaes, a mando do governo do Estado. As atrocidades patricadas pela policia cerceada inteiramente a liberdade eleitoral". 

A Acção Integralista Brasileira durante sua existência rompeu com o domínio de oligarquias locais, sua presença na política nacional representou uma oposição natural, em regiões como no interior da Bahia, dominada por famílias tradicionais, sendo uma resposta ao fracassado modo de conduzir o país. Em resposta ao vertiginoso crescimento do Sigma, seus opositores utilizaram da violência para frear seu crescimento, como, por exemplo, o cerceamento a liberdade eleitoral abordado no jornal.

Acima imagem parcial  da edição n° 260 do jornal A Offensiva, publicada no dia 16 de agosto de 1936 (Fonte: Biblioteca Nacional).

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

"Lançamento do livro Plínio Salgado: um católico integralista entre Portugal e Brasil (1895-1975)"

No dia 11 de outubro de 2017, às 15:00 horas, no Instituto de Ciência Sociais da Universidade de Lisboa, será lançado o livro "Plínio Salgado: um integralista entre Portugal e o Brasil (1895-1975)", de autoria do Prof. Leandro Pereira Gonçalves, autor de inúmeros trabalhos sobre o Integralismo brasileiro. 

Material biográfico sobre a vida e obra do líder Integralista são extremamente raros, os historiadores ao se debruçarem sobre o tema focam geralmente em um curto período da história de Salgado, esquecendo que o personagem participou ativamente da vida política nacional, sendo inclusive um dos principais personagens no exílio, durante o Estado Novo (1937-1945).


Acima imagem do convite de lançamento do livro  "Plínio Salgado: um integralista entre Portugal e o Brasil (1895-1975)" (Fonte: Facebook).


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

"A primeira bandeira do Brasil do Partido de Representação Popular"

No dia 07 de setembro de 2017, data que se comemora em todo o país a Independência do Brasil, recebi do escritor Sergio Vasconcellos uma icônica imagem do Partido de Representação Popular - PRP (1945-1965), trata-se da primeira bandeira do Brasil do partido populista em sua sede localizada no Estado do Rio de Janeiro, localizado provisoriamente na Rua Evaristo da Veiga.

Segundo o Sr. Sergio Vasconcellos: "Quando a bandeira ia ser substituída, o saudoso Companheiro Milton Ferreira de Carvalho pediu-a para si e recebeu-a de presente. Um belo dia, eu vou visitá-lo no seu escritório na Av. Beira Mar e lá pelas tantas da conversa ele me diz "tenho um presente para você". Vai para uma outra sala e em instantes me presenteia com a bandeira". 

Hoje, a bandeira com seus esplêndidos 62 anos de idade é uma testemunha viva da história do Partido de Representação Popular, permanecendo na coleção particular da família Vasconcellos, como um símbolo de resistência da história da política nacional.


Acima imagem da primeira bandeira do Partido de Representação Popular - PRP (1945-1965) presente até sua substituição na sede da legenda (Fonte: Sergio Vasconcellos). 

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

"Comício Integralista em Campos dos Goytacazes é tema de Palestra no Rio de Janeiro"

No dia 29 de agosto de 2017 o Instituto Histórico e Geográfico de Campos (IHGC), localizado na cidade de Campos dos Goytacazes, Estado do Rio de Janeiro, promoveu, no Museu Histórico de Campos, a palestra "Sangue na Praça do Santíssimo Salvador - o Comício Integralista de 1937", através da palestrante professora Márcia Regina da Silva Ramos Carneiro. 

Em 2010 escrevi um pequeno texto com título "Relembrando a memória Integralista, o massacre na cidade de Campos dos Goytacazes - RJ", sobre o ocorrido, abordando os aspectos singulares deste conflito entre Comunistas e Integralistas, que vitimou três camisas-verdes, são eles:  Amaro Miranda, José Antenor de Paula Barreto e Amaro Tavares

Para maiores informações, acesse: http://g1.globo.com/rj/norte-fluminense/noticia/palestra-em-museu-historico-de-campos-vai-abordar-massacre-dos-integralistas-em-1937.ghtml

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

"Fascismos e Integralismos em debate durante VI Congresso Nacional de História"


Acima imagem de divulgação do VI Congresso Nacional de História, X Encontro de Estudantes de História - Conservadorismo e expressões de poder pela violência: esferas (extra) institucionais e privadas (Fonte: Facebook).  

No dia 04 e 06 de setembro de 2017, no Campus Darcy Ribeiro, na Universidade Estadual de Montes Claros - MG será realizado o VI Congresso Nacional de História. Para os interessados sobre o tema Integralismo, no dia 06 de setembro, 14:00 às 18:00 horas, na sala 213, irá ocorrer a mesa temática "Fascismos e Integralismos em debate", com a presença de diversos pesquisadores com trabalhos relacionados ao tema. 

O evento que conta com o apoio do Grupo de Estudos sobre Integralismo - GEINT é uma ótima oportunidade para os interessados sobre a temática residentes em Minas Gerais trocarem dúvidas e conhecimento sobre seus projetos de pesquisa com professores que possuem vasta experiência relacionados a história e doutrina do Sigma. 


Imagem com informações sobre a mesa temática  "Fascismos e Integralismos em debate"
que irá ocorrer no dia 06 de setembro, 14:00 às 18:00 horas, na sala 213, Campus Darcy Ribeiro, na Universidade Estadual de Montes Claros - MG (Fonte: Facebook).

Para maiores informações, acesse: https://felipecazetta.wixsite.com/conservadorismopoder/cronograma

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

"O Princípio Fundamental do Integralismo"

Ao longo dos anos inúmeros autores pelo país se debruçam sobre a história e doutrina do Integralismo brasileiro, tentando compreender os aspectos únicos de um movimento social e político originário do Brasil. Muitas das conclusões alcançadas nesses trabalhos ignoraram uma pergunta singular, realizada pela Cartilha Integralista publicada na década 1930, a saber: "Qual e o principio fundamental do Integralismo?"

Talvez a dificuldade em ter acesso ao documento dificulte as pesquisas sobre o tema, diversas perguntas encontradas na Cartilha Integralista são surpreendentes e atemporais, podendo ser aplicadas ainda hoje nos problemas do nosso país. A questão ética tem forte presença, demonstrando que a revolução interior e fator embrionário para uma mudança no comportamento político de nossa nação.


Acima imagem da página 01 da Cartilha Integralista publicada na década de 1930, com a pergunta: "Qual e o principio fundamental do Integralismo?" (Fonte: APERJ).


 Acima imagem capa da rara Cartilha Integralista publicada na década de 1930 (Fonte: APERJ).